About

No final de 2011 mudei-me com a minha família para Londres. Nos meses que antecederam a nossa partida perdi imensas horas na pesquisa de informação sobre os mais variados assuntos, uns mais fáceis de aceder e compreender outros nem por isso.

Este blog foi criado a pensar nesses meses e pretende ser uma ajuda para quem pensa ou está de mudança para Londres.

Toda a informação disponível neste blog resulta da minha experiência pelo que deverão sempre ter em conta que a mesma poderá estar incompleta ou mesma errada.

Convido a todos a contribuir para este blog por isso qualquer erro detectado ou sugestão não hesitem em contactar-me.

Terei também muito gosto em responder a qualquer dúvida, questão que tenham e que não esteja neste blog, quer atraves dos comentarios, ou para quem preferir pode enviar email para; viveremlondresblog@gmail.com. Farei o possível por poder ajudar.

 

70 thoughts on “About”

  1. Olá. Gostei muito do teu site.. mas eu tenho algumas questão para si.
    Eu tenho o 11º ano feito e quando li no site deparei-me que na Inglaterra o 12º e 13º não são obrigatórios. Eu gostaria muito de saber se conseguia ir para lá e que me dessem como uma pessoa com o secundário feito.. ou se é preciso fazer alguma coisa lá? Pois pretendo trabalhar e tirar um curso extra na minha área.

    • Ola Débora

      Obrigado. Talvez o meu post não tenha sido claro e pelo facto peço desculpa. Quando refiro que não é obrigatório é por lei. Aqui tal como em Portugal (em Portugal está a extender progressivamente a obrigatoriedade até ao 12º) a escolaridade obrigatória vai até ao 9º ano, no entanto quem quer entrar para a Universidade tem que completar todos os anos. Se prentende vir trabalhar penso que as suas qualificações são suficientes mas pretende continuar os estudos, Universidade ou politécnico, tem de ter 12º ano. Espero ter ajudado. Se tiver mais alguma duvida não hesite em colocar.

  2. Carlos Eduardo Alves said:

    Olá Vanessa, gostei muito do teu site. As tuas informações são preciosas para quem quer ir para Londres, como é o meu caso.No entanto tenho as seguintes dúvidas:
    1- Depois de transferir o meu subsidio de desemprego aqui de Portugal, esse valor é pago aí em Londres à semana (decomposto) ou ao mês?
    2- A inscrição na segurança social pode ser feita logo à chegada ou tem de se arranjar emprego primeiro?
    Obrigado pelo blog e pela ajuda.
    Tudo de bom para ti e para os teus

    • Olá Carlos

      Obrigado pelo comentário.
      O subsidio é pago pela Segurança Social Portuguesa e é feito nos mesmos termos, ou seja, o subsidio continua a ser pago na mesma conta e no mesmo dia em que era quando estava em Portugal.
      A inscrição na segurança-social pode ser feita logo à chegada sim, tem é que explicar que veio para cá à procura de emprego e ter comprovativo de residência.
      Mas penso que quando se inscrever no centro de emprego cá em Londres (jobcentre) eles atribuem um NI (national Insurance) provisório, mas acho que independemente disso pode ir pedir um número definitivo.
      não sei se ajudei.
      vanessa

  3. Carlos Eduardo Alves said:

    Olá Vanessa, obrigado pela resposta, foi muito útil! Só para veres como anda este país, na segurança social daqui ninguém me tirou esta dúvida.

    Felicidades

  4. Boa tarde,
    Desde já venho dar-lhe os parabéns pelo blog, gostaria da sua ajuda eu pretendo ir viver para Londres o ano que vem mas eu ando de cadeira de rodas e gostaria de saber como encontra casa adaptadas a minha situação entre varias coisas.
    obrigado

  5. Felizarda said:

    Olá Vanessa,
    Espero que tudo continue as mil maravilhas, adorei o seu blog e melhor acho que não encontro. Tenho dois filhos 3 e 8 anos, solteira e temos passado por maus bocados. Bem eu penso imigrar para Londres, mas tenho algum receio, visto que imigrei para França e as coisas não correram bem, as promessas de ajudas, foram todas de boca para fora. Voltámos para Portugal e neste momento, encontro-me em Angola a trabalhar, e vim apenas com a mais pequena, mas em questões de educação, penso duas várias vezes em trazer o meu mais velho para aqui, por isso esta minha decisão. Se não se importasse gostaria de saber mais informações sobre pessoas que estejam na minha situação. E outra coisa é que gostaria de continuar a estudar, visto que terminei o secundário em Portugal, existe a possibilidade de estudar e trabalhar?
    Obrigada pela atenção e até breve

    • Olá

      Não sei se percebi bem as suas questões. Está em Angola e pensa em vir para Londres? E gostaria de saber se pode estudar e trabalhar aqui em Londres.
      Acho que se ler alguns do comentários vai encontrar a resposta à primeira questão, se vale a pena e/ou se é fácil viver em Londres. Eu tenho sempre muita dificuldade em responder a essa questão pois depende de tantos factores. Depende muito de factores pessoais, quais as expectativas, os projectos,,se vem sozinho ou com filhos, o suporte. Depende também das condições, qual a experiencia de trabalho, qual o nivel de estudos qual a área, o nível de ingles, etc.
      Estudar em Londres é à partida caro. Se pretende fazer Universidade tenho a ideia que oferta de cursos em regime pós-laboral é pouca. Sei também que há possibilidades de financiamento, emprestimos. O melhor é pesquisar o tipo de curso que quer, procurar Universidade e ver quais as condições.
      Estou disponível para mais questões, peço desculpa se não respondi ao que pretendia.

  6. Olá Vanessa.

    Desde já os meus parabéns por este blog cuja informação me está a ser bastante útil.
    Neste momento tenho em mãos uma proposta interessante para trabalhar em Londres mas estou com algum receio uma vez que tenho uma filha de 6 anos que iniciou este ano a escola primária e não fala inglês… Algumas duvidas que tenho:
    – Que tipo de apoio existe (ou não) nas escolas publicas inglesas para apoiar as crianças cujo nivel de inglês é baixo (ou mesmo nulo)?
    – Estando ela no inicio do primeiro ano é preferivel terminar em Portugal o primeiro ano e só depois mudar?
    Adicionalmente caso conheça alguém que tenha passado pela mesma experiência e que pudesse partilhá-la comigo seria perfeito!

    Desde já obrigado!

    • Olá Filipe
      Obrigado pelo comentário. Eu vim viver para Londre há cerca de 2 anos com duas crianças, na altura uma com 11 e outra com 4 anos. A mais velha apenas sabia o inglês que tinha aprendido na escola (no 5º ano) e a mais nova sabia meia duzia de palavras. Neste momento ambas não só falam como lêm e escrevem em inglês. Aqui em Londres dada à elevada percentagem de familias cujo o inglês não é a primeira lingua, todas as escolas estão bem preparadas e dão bastante apoio. Por exemplo, o meu mais velho teve aulas de apoio ao inglês logo quando entrou e no ano seguinte como mudou para uma escola secundária voltou a ter aulas extraordinárias de inglês. Estas aulas eram dadas durante o horário lectivo. Quanto ao mais novo ele iniciou a escola no pré-escolar ao mesmo tempo que os outros e apesar de não falar inglês não lhe foi dado aulas extras de apoio, mas houve sempre uma atenção especial. Como aqui não há retenções as escolas tentam identificar as dificuldades das crianças e trabalhar com cada uma delas por forma a ultrapassar essas dificuldades. Como o meu mais novo por exemplo, ele teve durante algum tempo mais apoio quando iniciou a aprendizagem da leitura.
      No que respeita à sua segunda questão é dificil dar-lhe uma resposta clara. Acho que há prós e contras em ambas as opções.
      As vantagens de terminar o ano em Portugal:
      – A sua filha estará mais matura para enfrentar a mudança e aprendizagem;
      – Fará aprendizagem da leitura na sua própria lingua e será mais fácil aprender a ler noutra lingua.
      – Terá mais tempo para se ir adaptando à mudança, vocês pais terão mais tempo para a preparar.
      Mas há também desvantagens tais como será mais dificil para ela deixar os amigos após um ano lectivo inteiro. Terá que fazer uma nova adaptação à escola sendo que desta implica uma nova lingua, novos ritmos. Ao entrar no meio do ano lectivo pode ter a vantagem de lhe ser dada uma maior atenção pois será a única ao passo que ao entrar no inicio do ano lectivo junto com as outras crianças poderá que partilhar essa atenção. Acho que é sempre uma decisão dificil e outros factores entram em jogo. No meu caso nós optamos por nos mudar em Dezembro e o nosso mais velho iniciou a escola aqui em Fevereiro. Fizemos esta opção por diversas razões uma delas prendia-se com o facto de ele mudar para uma primária e não para a secundária. Outra das razões teve haver com o facto de enquanto familia acharmos que deveriamos estar todos juntos nesta aventura e que acharmos que é mais para eles quando nós pais estamos perto e com eles.
      Mas devo lhe dizer da minha experiencia é que as crianças são mais adaptáveis à mudança do que nós e que tem uma capacidade de aprendizagem enorme e encaram os novos desafios com uma coragem extraordinária.
      Não sei se o esclareci ou se o baralhei mais, esteja à vontade para colocar questões.
      Boa sorte nessa sua mudança
      vanessa

      • Obrigado Vanessa! Os comentários que fez foram bastante úteis e de facto os prós e contras que mencionou foram em grande medida os que eu também identifiquei.
        Neste momento e depois de reflectir mais sobre o assunto creio que o melhor até será passar já para o ensino em Londres uma vez que ela já sabe ler relativamente bem uma vez que na escola em que ela esteve nos 5 anos iniciou esse processo de aprendizagem. Adicionalmente como também estou a prever mudar-me em Dezembro (ou no limite inicio de Janeiro) acaba por ser bom porque apanha o inicio do 2º periodo lá.
        Agora outra dúvida que me surgiu está relacionada com o processo de selecção de escola… Falaram-me numa empresa (http://www.laidlawschoolsearch.co.uk) que faz por nós o research das escolas, vê as vagas disponiveis, marca visitas nas escolas, etc… Contudo todo o processo custa a módica quantia de 800 libras… Acha que vale a pena o investimento?

        Mais uma vez obrigado!

        Filipe

      • Olá Filipe

        Dificil questão pois não conhecia tal serviço mas não surpreende no entanto pois onde há necessidade há negócio.

        Como não conheço o serviço não lhe consigo dar uma resposta/conselho. O que lhe posso fazer é tentar levantar algumas questões. Primeira prende-se com o facto de a inscrição será sempre fora de prazo, quer a sua filha entre em Janeiro quer ela entre no inicio do próximo ano lectivo. Assim sendo a escolha está mais limitada às vagas disponíveis o que pode ser uma vantagem se esse serviço lhe dizer quais as escolas que têm vaga, aumenta a hipótese de entrar numa das suas opções. Outra das questões que me surgiu é o pedido de inscrição só é aceite quando a criança estiver efectivamente a residir aqui no RU p que implica por isso uma morada. Como pensa fazer procura? Vai procurarprimeiro uma zona para viver e depois escolher a escola ou pretende escolher a escola e depois procura casa dentro do catchment da escola? Em ambas as opções parece vantajoso ter um serviço que lhe faça essa selecção e procura.
        As desvantagens que vejo é o preço, considero elevado pois o serviço nunca poderá garantir-lhe vaga nas melhores escolas. A única informação que podem oferecer a qual não temos acesso é as vagas disponíveis em cada escola, tudo o resto podemos pesquisar na internet. É claro que teremos sempre mais dificuldade na procura e mesmo na interpretação dos resultados. Em suma: se tem essa disponibilidade financeira é só uma questão de garantir que a informação que eles prestam é real: qual é a chance de se candidatar a uma escola que à partida tinha vaga e não conseguir lugar.
        Espero ter ajudado. Boa sorte!

      • Olá Vanessa.

        A questão prende-se exactamente com o facto da inscrição ser depois do inicio do ano e este tipo de empresas terá mais facilidade em contactar com as pessoas que poderão dar informação sobre as vagas disponíveis e qual a probabilidade de em determinada escola existirem vagas no inicio do próximo ano. Creio que é realmente essa a mais valia. O meu receio é efectivamente alugar casa num sitio perfeito mas que depois não tem vagas nas escolas mais próximas / melhores.

        Neste momento acabei por decidir avançar com o serviço porque embora o custo seja elevado creio que teria um custo maior ao fazer uma escolha errada em termos de escola / localização da casa. Depois poderei comentar aqui no blog como foi a experiência!

        Obrigado por tudo!

      • Obrigado Filipe por partilhar a experiência é este o propósito deste blog: partilhar experiências por forma a ajudar quem pensa vir viver para Londres.
        E quanto à adaptação da sua filha não se preocupe que vai correr tudo bem🙂,uma das grandes vantagens de Londres é o facto das escolas estarem habituadas e preparadas a receber crianças de outros países.
        Desejo toda a sorte nessa nova aventura!
        vanessa

  7. Olá Vanessa, gostei muito do seu Blog, pena que não tem mais informações, sou Brasileira com cidadania Italiana, e ano que vem vou com meu marido para Londres. Gostaria de saber como andam as coisas em Londres a respeito de trabalho e também poder tirar algumas duvidas que irão surgir até a gente ir.
    Obrigada🙂

    • Olá Patricia
      Obrigado pelo comentário. Este blog é um espaço de partilha, eu tento partilhar aquilo que foi a minha experiencia e com isso poder ajudar quem pensa vir viver para Londres. Os tópicos que abordo aqui são aqueles que para mim foram mais dificeis de encontrar informações. O que lhe peço a si a todos o que visitam este blog é que ponham as suas questões e façam sugestões. Se puder diga que outras informações gostava de ver neste blog que eu terei todo o prazer de dar resposta.
      Quanto à questão de trabalho: aqui como em todos os paises da europa a questão do aumento do desemprego é actual. Fala-se muito de como o desemprego tem aumentado. No entanto, penso que Londres continua a ser uma excepção no sentido que não se sente (o desemprego) da mesma forma que noutros Países ou mesmo outras cidades do Reino Unido. Com isto quero dizer que não é impossível encontrar emprego mas está mais dificil hoje do que há um ano atrás. Claro que também depende do tipo de emprego que se procura. Há áreas mais fáceis e outras mais dificeis.
      Esteja à vontade para colocar todas as questões eu se souber responderei a elas.
      Obrigado e boa sorte.

  8. Olá, adorei o seu site! Meus parabéns, pois suas informações, além de importantes, são muito úteis! =)
    Meu grande sonho é sair do Brasil e me mudar para Londres para trabalhar e estudar teatro. infelizmente as leis de visto para meu país são um pouco complexas em relação à trabalho.. . Mas ando pesquisando bastante sobre o assunto. Estou cada dia mais encantada com a Inglaterra! Você teria algum conselho ou dica para me dar? Muitíssimo obrigada!

    • Olá Yasmin
      Londres deve ser um excelente sitio para aprender teatro, embora o Brasil não fique atrás em termos de escola. Mas ter uma outra experiência abre sempre os horizontes e faz-nos crescer.
      Quanto às leis não estou de facto por dentro, mas há aqui uma grande comunidade brasileira pelo que creio que apesar de dificil não é impossível. Há muitos blogues, foruns e site brasilleiros que falam sobre mudar-se para o UK. Pode sempre procurar e pedir ajuda/conselhos. Eu da minha parte naquilo que puder ajudar…é só perguntar, se souber eu respondo🙂

  9. Ola Vanessa vc me podia esclarecer uma duvida sobre receber o subsidio de desemprego em Londres?Sou Brasileira e tenho residencia em Portugal não tenho a nacionalidade ainda não esta pronta.vou para Londres sera que eu consigo me inscrever no centro de emprego em Londres para continuar recebendo o subsidio.Olha esqueci de comentar sou casada com Portugues a 2 anos e meio desde ja agradeço a sua resposta.

    • Olá Alene e Bom Ano.
      A transferência do subsídio de desemprego é possível para cidadãos da União Europeia. Não sei se sendo residente e estando casada com Português tem direito a pedir a transferência, eu penso que não, mas o melhor é ir ao centro de emprego e pedir informações.

  10. Rogenia Lima said:

    Oi Vanessa,
    Estou com projeto de aprender inglês, mas tenho 53 anos e não queria fazer inglês com adolescentes, nem tão pouco ficar em alojamento com jovens, barulhentos…etc. Encontrei teu blogue que deu-me mtas dicas , mas especificamente queria uma dica sobre o que te falei acima. Obrigada. Um feliz 2014.

    • Olá Rogenia.
      Não sei se entendi a sua questão correctamente. Quer aprender inglês e vive onde? Em Portugal ou aqui no Reino Unido?
      E que tipo de aprendizagem pretende? e qual o seu nível de inglês?

  11. Ola, tenho 18 anos e estou a pensar em ir viver para londres mas o problema que nao sei como hei de arranjar alojamento, relativamente barato..

  12. Olá Vanessa, tudo bom?
    Mto legal o site, super informativo… Parabéns pela iniciativa!
    Veja se consegue me ajudar… Sou Brasileira, tenho uma filha de 4 anos (31/10/2009), e pretendo ir com ela e com meu namorado para Londres no meio do ano.
    Iremos como estudante, pois não temos cidadania europeia. Saberia me dizer se eu conseguiria colocar minha filha em uma escola e se nós dois precisamos pagar o curso ou podemos ir como dependente?

    Super obrigada pela ajuda e atenção.

    Bjs

    Nina
    janaina.sp85@gmail.com

    • Olá Janaina

      Primeiro que tudo peço desculpa por responder só agora. Uma vez que a sua filha nasceu em Outubro de 2009 a entrada na escola só se realiza no ano lectivo que vem (2014/2015). As crianças começam a primária aos 5 anos, ou tem que completar 5 anos durante esse ano lectivo. Por exemplo para este ano lectivo só podem inscrever-se na escola as crianças que nasceram entre 01 Setembro 2002 and 31 August 2009. As crianças são colocadas no respectivo ano escolar, por exemplo quem nasceu entre Setembro de 2008 e Agosto de 2009 será colocado na reception (ano pré-escolar). Mas de qualquer forma quando aqui chegar poderá contactar as escolas da área pois muitas têm creches (nursery) onde poderá tentar inscrever a sua filha. As creches da escolas publicas (state schools e não public schools) são gratuitas.
      Peço desculpa mas não entendi a sua segunda questão, presumo que a sua duvida se relacione com questões de visto. Pode clarificar melhor a sua questão?
      Obrigado

      • Muito obrigada Vanessa, ajudou muito… Obrigada sem fim!!!!
        A outra duvida é mesmo sobre visto, se eu indo com visto de turista ou de estudante por seis meses consigo usar as escolas para a minha filha,

        Bjs e obrigada,

      • Alo
        Como lhe tinha tido em termos de vistos não tenho muita informação, mas fiz uma pesquisa na qual entendi que com visto de turista à partida não poderá inscrever a sua filha pois para inscrição na escola é necessária a residência em Inglaterra. Com visto de estudante vai depender do curso e se vêm com bolsa ou não.
        Pode consultar estes sites:
        http://www.lse.ac.uk/study/informationForInternationalStudents/visasAndImmigration/family.aspx
        http://www.ukba.homeoffice.gov.uk/visas-immigration/visiting/student/
        O que entendi também é que se conseguir entrar com a sua filha em Inglaterra então poderá inscreve-la na escola, mas a escola terá que comunicar às autoridades se verificar que os pais não estão em situação legal. Mas não sei bem como isto funciona.
        Penso que não ajudei muito, mas de facto não tenho muito conhecimento e não quero dar informações incorrectas. Se precisar de mais ajuda por favor é só dizer.
        Boa sorte!

  13. ola vanessa, eu estou a viver aqui em londres ha um ano e tenho estado a trabalhar para uma companhia com um contrato de zero horas, mas eu quero continuar a estudar e entrar para a faculdade aqui. tenho 23 anos. o que me sugeres para terminar rapidamente a “escolaridade obrigatoria” daqui e entrar para a faculdade ? ja agora uma ultima questao, como os ingleses chamam o 9o ano de escolaridade aqui ? ps.: estou a escrever com um teclado ingles, dai a ausencia de pontuacao nas palavras.
    muito obrigado em avanco

    • Olá André

      O nono ano aqui chama-se year 9, lol. Na tua situação se calhar o melhor é ires ao centro de emprego (jobcentre) ou ao teu council e pedir informações sobre a oferta formativa mais adequada à tua situação.

  14. Olá Vanessa, parabéns pelo fantástico blog, cheio de preciosas informações! Sou professora e estou a pensar candidatar-me para dar aulas em Inglaterra, dado que aqui em Portugal está tudo muito difícil. Todavia, gostaria de saber qual a sua impressão do sistema educativo inglês: há muita indisciplina, os seus filhos ou conhecidos que andam na escola secundária têm professores estrangeiros?
    Na realidade, gostava de ter contactos com professores portugueses que estejam aí a trabalhar. Conhece alguém ou pode dar-me alguma pista de como localizá-los? Obrigada🙂

  15. Boa noite!
    Queria desde já felicitá-la pelo site. Estou a pensar ir viver para Londres (juntamente com o meu marido e dois filhos) e, se possível, gostaria de colocar-lhe algumas questões. Para iniciar, que tipo de ajudas posso encontrar?
    Obrigada

    • Olá Cátia
      Para poder responder adequadamente à sua questão tem que ser mais específica, ajudas em que sentido? económico, suporte com a língua?
      obrigado

  16. Ola Vanessa…
    Os meus parabens pelo teu blog realmente é de boa ajuda para quem tem certas du vidas em relaçao a vida de Londres.
    Olha eu vivo em Londres na regiao de greenwich tem pouco tempo e o meu grande problema ė que nao concigo por a minha fil ha de 6 à nos na escola. O que devo fazer???? Obrigado aguardo sua resposta.

    • Olá Celine,
      Obrigado pelo comemtário. Qual a razão de não conseguir? já fez a inscrição junto do council? Se puder explique um pouco melhor a situação
      Obrigado

  17. O problema é k o ano passado em novembro consegi um lugar para a minha filha numa escola nao muito longe de casa, mas o problema é k tive problemas familiares e tive k voltar para portugual, dei uma desculpa na escola e fiquei uns meses la, e a coisa de meses voltei otra vez para londres, mas nao sei como devo fazer para voltar a inscrever ela otra vez. Devo ir no council otra vez????

    • Ola Celine
      Penso que não será problema inscrever na escola uma vez que a educação é sempre do interesse da criança. Aconselho a ir ao council e explicar a situação.
      Boa sorte

  18. Olá Vanessa! Muito útil o seu blog. Estou a viver em Londres e gostaria de saber qual a melhor forma de a contactar.

    Obrigado,

  19. olá vanessa.
    Nao sei se verá esta mensagem, mas, tento a minha sorte na mesma.
    Agradeco-lhe imenso, por esta ideia de colocar todos os seus passos aqui, porque me têm ajudado bastante!
    Vou agora para o 12º ano e estou a ponderar em depois de o acabar seguir o ensino superior em Inglaterra, e como tal, nao posso pensar apenas só na faculdade mas também num emprego e uma casa ( e a informação que colocou aqui e os sites, têm-me dado umas luzes incriveis, muito obrigada!), e alias nem tinha pensado no facto de precisar do centro de saúde, se não fosse a vanessa, nem me lembraria.
    muito obrigada!!!!
    beijinho e felicidades

  20. jessica tatiana gouveia quintal said:

    Ola, boa noite!
    a minha questao e a seguinte, vivo na madeira (portugal) tenho 18 anos e vivo com o meu pai mas agora quero ir para londres viver com a minha mae. O que preciso de fazer ? Preciso de visto?

  21. Eu sou angolana e tenho dupla nacionalidade, e eu acabei meu ensino médio aqui… eu quero fazer a faculdade aí em Londres, o que é necessário para poder entrar??

    • Ola Mariah. Se tiver passaporte europeu pode inscrever-se na faculdade aqui. O melhor é consultar o site da própria faculdade e pedir informações sobre as matriculas.

  22. Olá, gostei muito do site e tenho uma dúvida. Tenho 17 anos e terminei o ano letivo final de novembro e me mudei para Londres dia 10 de dezembro. Estou meio perdido sobre o que devo fazer agora na questão dos estudos aqui, poderia me ajudar?

    • Ola Junior. Deesculpa so responder agora, provavelmente ja encontraste ajuda senao aquilo que aconselho e contactares o local Authority e procurares aconselhamento. Boa sorte

  23. ola, minha filha tem 18 anos e o 9º ano completo, e foi para Londres para estudar, no dia 13 de Dezembro de 2014, e ate agora não se foi matricular, porque esta meio desorientada, baseada na nova lei o que ela deve fazer para poder se matricular ai? seja numa escola normal ou naqueles cursos de duplo certificado, onde ela deve se dirigir e quais documentos os necessários?

    • Ola Isabel

      Como ja respondi a varias pessoas aqui eu tenho pouco conhecimento nesta area o melhor e ela dirigir-se a Local Authority onde ela reside e pedir apoio e aconselhamento.

      • Ok. obrigada.
        ja agora se ela quiser alugar um local para viver, é muito caro? Tem ajudas sendo jovem e estando a trabalhar? quanto tempo tem de estar a trabalhar e o que eles exigem?

      • Olá Isabel. O melhor é mesmo ir ao local council e pedir ajuda. Daquilo que pesquisei na net penso que existem apoios ais jovens que estão a estudar.

  24. Bom Dia!! Gostaria de entrar em contato com os administradores do site para uma possivel parceria. Aguardo retorno, Roberta

  25. Obgdo Vanessa,gostaria de saber também,se nas universidades públicas se paga? E e se a propina é igual a universidades privadas? e + ou – de quanto é a diferença de custo?

    Many
    said:

    February 17, 2015 at 10:40 pm

    E quais são as boas universidades públicas,como e onde encontro?

    Reply

    • Ola Many

      Aqui todas nas Universidades públicas é necessário pagar as proprinas qie são à volta de 9.000 Libras por ano. Existe um sistema de empréstimo que os alunos podem pedir, o qual começam a pagar com o primeiro emprego.

  26. Olá, gostava de divulgar um projecto em que estou envolvida: Uma livraria online, sedeada no Reino Unido, e dedicada a livros infantis em Português: http://www.miudabooks.co.uk/

    • Olá Carla gostei muito do projecto e dos livros. Adoro as ilustrações e já conhecia alguns deles. Sinto muito esta necessidade de poder comprar livros em Português. O meu mais novo adora ler mas neste só lê em Inglês, gostaria muito de encontrar livros por exemplo sobre Portugal, a história a cultura pois alguns dos que temos o português é muito elaborado e não capta a atenção dele. Vou ficar de olho no site. Naquilo que eu puder ajudar na divulgação eu estou disponível. Boa sorte

  27. Melissa said:

    Olá! Tudo bem?
    Primeiramente: Parabéns pelo Blog, mto útil e interessante…fruto de um bom trabalho!
    Sou brasileira, tenho um filho de 2 anos e 3 meses, e estou pensando em ir morar nem Londres com ele…somente nós dois. Tenho cidadania Italiana, sou arquiteta. Pesquisei assuntos gerais sobre isso, mas gostaria de ver se voCê consegue me passar alguma perspectiva: se é muito difícil de realizar esse sonho, se é possível ou não. Enfim, toda ajuda é bem vinda! Obrigada!

  28. Em primeiro parabéns pelo MUITO BEM ORGANIZADO blog que está de facto muito bom!
    Com bastantes ideias em me mudar para londes, uma duvida se prende, mesmo depios de muitas pesquisas.
    Procurar trabalho em Londres: Antes ou depois de viajar para lá?
    ou seja, é possível (ou que percentagem de change poderei ter) arranjar um trabalho mesmo antes de parti daqui e de me despedir do meu actual emprego?

    • Ola Rodrigo. As minhas desculpas pelo atraso da resposta. Quanto a pergunta penso que as duas opcoes sao possiveis. Claro que esta dependente da situacao financeira: ter disponibilidade financeira para vir para Londres sem emprego. O tipo de emprego que procura tambem e relevante. Alguns empregos e possivel procurar estando em Portugal (pressumo que e onde reside?), outros sera mais dificil.

  29. Boa Noite! Tudo bem?
    Eu tenho 18 anos e tenho o 12ºano feito, mas com uma disclipina em atraso… E estou a pensar em ir estudar em londres.
    A mim disseram que teria de fazer o colledge… mas na minha situaçao, eu teria de recuar… O que é que aconteceria?

    • Ola Lisa. Estas sao sempre as perguntas mais dificeis pois ainda nao compreendo totalmente o sistema ca. Penso que tera sempre vantagem de completar o ensino secundario se pretende entrar para a universidade.

  30. Olá Vanessa
    Não sei se o blog ainda se encontra activo mas vou colocar a questão na mesma 😅.
    Vim viver para londres há 3 semanas e estou com dúvidas em relação a inscrição no jobcenter. Várias pessoas me dizem que não é positivo e que preciso do número do insurance number (que já fiz na sexta). Mas pelo que pesquisei eles dao varias ajudas, desde a procura de emprego, formacao e cursos de ingles.Gostava muito da sua opinião.

    • Ola Susana. Da minha experiencia foi positivo, pois teras acessos a ofertas de emprego, formacao. Claro que deve depender muito do jobcentre como do tecnico que fica com o teu processo.

  31. DRodrigues said:

    Bom dia Vanessa,

    sou mais uma na estatística do desemprego em Portugal e a solução passará por sair do País; no entanto agradecia o seu apoio pois tenho algumas dúvidas:
    Tenho uma filha que nasceu em 2001 e em Setembro inicia aqui em Portugal o 10ano; o meu marido tem uma proposta de trabalho para Nottingham e até ao fim do ano estamos a ponderar sair daqui. é possível uma transferência de escola a meio de um período? ou no limite iniciar aí o 2período?

    A nível de escola que tipo de documentação preciso para fazer a inscrição dela?

    Sabe se há algum link com as escolas de Nottingham de forma a eu entrar já em contacto com eles e saber se há vagas disponíveis?

    Para mim é tudo muito vago nas pesquisas que faço por isso gostava se fosse possível que me dissesse quais os primeiros passos que tenho que dar quando aí chegar?

    consigo alugar casa sem ter trabalho? ou sem núm de contribuinte daí?
    consigo fazer inscrição na escola sem morada inglesa?

    sabe quanto tempo leva a ser tratada toda a papelada na escola?

    Sabe durante quanto tempo posso estar a receber o meu subsidio de desemprego português aí?

    Quando arranjar trabalho tenho que informar a Seg Social Portuguesa?

    desde já muito obrigada pela disponibilidade.

    • Ola vou tentar responder as suas questoes.

      é possível uma transferência de escola a meio de um período? Sim aqui em Londres pode demorar o processo. No meu caso demorou um mes ate ter vaga. ou no limite iniciar aí o 2período?

      A nível de escola que tipo de documentação preciso para fazer a inscrição dela? Comprovativo da morada e documento de identificacao.

      Sabe se há algum link com as escolas de Nottingham de forma a eu entrar já em contacto com eles e saber se há vagas disponíveis? Este e o site http://www.nottinghamshire.gov.uk/learning/schools/admissions/changingschool/ para a inscricao. Para saber as vagas sera mais complicado, mas o melhor penso que e contactar as escolas directamente.

      Para mim é tudo muito vago nas pesquisas que faço por isso gostava se fosse possível que me dissesse quais os primeiros passos que tenho que dar quando aí chegar? Assim que chegar e contactar o council atraves deste numero 0300 500 8080 e saber onde deve fazer a inscricao.

      consigo alugar casa sem ter trabalho? ou sem núm de contribuinte daí? Penso que e possivel alugar casa sem trabalho mas sera sempre mais dificil e se calhar dispendioso pois muitas vezes pedem um maior deposito.
      consigo fazer inscrição na escola sem morada inglesa?

      sabe quanto tempo leva a ser tratada toda a papelada na escola? Penso que depende do sitio em Nottingham nao sei em Londres pode demorar duas semanas, um mes ou mais depende da zona.

      Sabe durante quanto tempo posso estar a receber o meu subsidio de desemprego português aí? Podera receber durante 3 meses aos fim dos quais tera que pedir a prorrogacao.

      Quando arranjar trabalho tenho que informar a Seg Social Portuguesa? Serao os servicos de ca que fazem a comunicacao.

      desde já muito obrigada pela disponibilidade.

  32. Boa tarde vanessa. Nao sei se poderá me ajudar, mas nao perco nada em tentar. Estou aqui a um mês com meus dois filhos, de 4 e 2anos. A pessoa que me acolheu e disse que ia me ajudar a tratar dos procedimentos de pedir casa e benefícios, vai viver pra casa do namorado e eu fico “no olho da rua”. Será que tenho direito a pedir casa, sem estar a trabalhar?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s